skip to Main Content
Qual A Diferença Entre Multi-cloud E Hybrid-cloud? Qual Devo Escolher?

Qual a diferença entre multi-cloud e hybrid-cloud? Qual devo escolher?

No post anterior falamos de movimentação de aplicações entre nuvens, e citamos a nuvem híbrida como uma alternativa para quem deseja mais flexibilidade com a manipulação dos seus dados. Mas com isso, outras dúvidas surgiram “Qual a diferença entre multi-cloud e hybrid-cloud? Como saber qual devo escolher?”. Então, decidimos aproveitar que o assunto ainda é recente para esclarecer mais essas dúvidas.

Vamos lá! Como já frisamos aqui, subir suas aplicações para a nuvem não é tão simples, requer planejamento e a escolha correta das aplicações que fazem sentido, bem como qual nuvem será utilizada. Entre outras, as mais utilizadas hoje são AWS, Google e Azure.

Atualmente, seis em cada dez empresas possui algum serviço na nuvem e uma grande parte dessas empresas, já utiliza mais de uma nuvem. E com base nesse segundo ponto, muito se fala em Cloud híbrida e Multicloud. Aparentemente você pode pensar que ambas são a mesma coisa, só que na verdade elas são totalmente distintas. Mas calma que a gente vai te explicar melhor.

Primeiro vamos começar com a Multicloud. Como o próprio nome já sugere, multicloud é o uso de múltiplos serviços em nuvem de provedores diferentes.

Como sabemos cada aplicação dentro da empresa têm necessidades diferentes e é pensando nesse ponto, que a Multicloud se faz efetiva, pois ela vai permitir que as empresas utilizem nuvem com tecnologias e características diferentes.

Já a Cloud híbrida, como destacamos anteriormente, é a combinação entre nuvens privadas (data centers alocados dentro da própria empresa) e nuvens públicas (data center externos, instalados em provedores de cloud, fora das empresas); porém, não necessariamente de fornecedores diferentes, como no Multicloud. O ganho de escala e economia financeira pode ser atrelada à nuvem pública, e as características para workloads personalizados e bem específicos para as nuvens privadas.

De forma resumida, se, por exemplo, o que você precisa, é trazer uma aplicação que está “rodando” na Azure para uma nuvem privada “rodando” VMware por exemplo, essa operação requer uma conversão, então, se temos que converter, estamos falando de Multicloud.

Agora se você quiser movimentar suas aplicações entre nuvens VMware (usando VMC on AWS, por exemplo), essa movimentação não irá requerer conversão, ou seja, é uma movimentação transparente, sendo assim, você deve escolher a Cloud Híbrida.

Quer entender mais sobre o assunto ou tem outras dúvidas? Conheça o site da Unitech, a empresa possui profissionais capacitados que irão te ajudar nessa jornada.

Back To Top